13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993

Você já deve saber que uma das formas de evitar cáries, mau hálito e outros problemas bucais, é escovar os dentes sempre após cada refeição, certo? E se é isso mesmo que você faz, parabéns! 

Entretanto, vale salientar que todos os benefícios da escovação só serão alcançados se esta estiver sendo realizada corretamente! 

Você está escovando os seus dentes da maneira certa? Ficou na dúvida? Então, vamos lá, entender sobre o assunto! 

Por que dar atenção à escovação bucal?

Escovar os dentes regularmente — e da maneira correta — é uma das principais formas de eliminar a chamada placa bacteriana. Ela se forma naturalmente na boca, e se trata do acúmulo de bactérias na superfície dos dentes. Bem por isso, se a placa bacteriana não for eliminada diariamente, ela gera problemas como:

  • Cáries;
  • Tártaro;
  • Inflamação das gengivas — que, em uma primeira fase, é conhecida por gengivite, situação em que as gengivas ficam vermelhas e sangram; e, em uma segunda fase, por periodontite ou piorreia, afetando o osso e as fibras de suporte.

Além disso, o acúmulo de placa bacteriana é uma das condições que contribuem para o mau hálito.

Evitando problemas: Para começar, escova e pasta de dente!

Para começo de conversa, a escolha dos utensílios companheiros no processo de escovação é fundamental!

Quanto à escova de dente

O recomendado pela maioria dos dentistas são as escovas de cerdas macias. Elas são capazes de remover a placa bacteriana e os resíduos alimentares sem machucar a gengiva, ou desgastar os dentes. Ainda, prefira as com cabeças menores e arredondadas — elas conseguem alcançar melhor todas partes da boca.

Não esqueça, porém, que o ideal é que se troque a escova de dentes a cada três meses ou, então, quando se nota que ela está ficando desgastada. Aconselha-se, também,  a troca da escova após uma gripe ou resfriado, por exemplo — isso porque os germes podem aderir às cerdas e aumentar o risco de novas infecções.

Quanto à pasta de dente

Aqui, a regra geral é que os cremes dentais possuam flúor. A substância é eficiente no combate às doenças bucais, contribuindo, desta forma, para manter os dentes fortes e resistentes.

Entretanto, existe no mercado uma grande variedade de pastas de dente — dentre elas, aquelas voltados a combater problemas específicos (além da cárie, da gengivite e do tártaro), como é o caso de manchas e sensibilidade.

Para orientações mais específicas nesse aspecto, o ideal é conversar com o seu dentista. Mediante uma avaliação, ele indicará o melhor creme dental para a sua situação. 

Na escovação…

No que se refere diretamente ao processo de escovar os dentes, tenha em mente que, para uma escovação eficiente, é necessário abranger quatro regiões da boca: a superior direita; a superior esquerda; a inferior direita; e a inferior esquerda.

E não tenha pressa — em geral, uma boa escovação dura em torno de dois minutos, mas fique à vontade para estendê-la, se achar necessário. 

Para iniciar a higienização, escolha um dos extremos da boca e, com a escova, faça movimentos circulares (que vão da gengiva à ponta dos dentes). Percorra, desta forma, até o outro extremo. O ideal são cerca de dez movimentos a cada dois dentes. Faça isso nas superfícies internas e externas dos dentes, e certifique-se de abranger bem as quatro regiões bucais. 

Em seguida, escove as superfícies de mastigação dos dentes com movimentos curtos de vaivém.

Durante todo o processo de escovação, é fundamental dar bastante atenção à margem gengival, aos dentes posteriores, que são os mais difíceis de alcançar, bem como às regiões ao redor de restaurações e coroas.

Ainda, não esqueça de escovar a língua — com movimentos para trás e para frente, desde a base até à ponta. Isso irá ajudar na eliminação das bactérias no setor e, por consequência, refrescará o hálito.     

Outros passos para uma boa higienização bucal

O uso do fio dental e do enxaguante bucal, bem como os cuidados com a alimentação e as visitas regulares ao dentista são outros pontos importantes na hora de cuidar da saúde da cavidade oral. Para saber mais sobre cada um deles, acesse: “Como manter uma boa rotina de higiene bucal?“.

Ainda, para ficar por dentro de assuntos como esse, acompanhe o blog da Oral Face Care, e mantenha-se sempre bem informado sobre assuntos envolvendo dentes, arcada dentária, mandíbula, esqueleto da face e muito mais!