13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993

Escovar os dentes corretamente é muito importante para manter uma boa rotina de higiene bucal. Você sabia, no entanto, que a escolha da escova de dentes também é fundamental nesse processo?

Vamos aprofundar um pouco esse assunto? Hoje, também vamos falar sobre outros cuidados com essa ferramenta fundamental para a higienização bucal. 

Descubra qual o melhor modelo de escova de dentes para uma boa higiene bucal

O objetivo da escova de dentes é alcançar, sem grandes esforços, todos os dentes — o que inclui, obviamente, aqueles de acesso mais difícil, que ficam na parte de trás da arcada dentária. a intenção é remover os restos de alimentos que ficam depositados na boca após as refeições. Bem por isso, escolher uma escova que seja adequada para a sua boca é fundamental.

Atualmente, não são poucos os tipos de escovas de dentes disponíveis no mercado — existem as tradicionais (manuais) e as elétricas, além dos vários tipos de cerdas e tamanhos.  Entretanto, no geral, a recomendação feita pela maioria dos dentistas, é de que sejam utilizadas as escovas de cerdas macias (principalmente no caso das crianças). Isso porque estas conseguem remover a placa bacteriana e os resíduos alimentares sem machucar a gengiva ou, então, desgastar os dentes. Ainda, prefira as com cabeças menores e arredondadas — elas conseguem alcançar melhor todas as partes da boca.

“Mas, as escovas de dente elétricas não são mais eficientes?”

Para essa questão, ainda não se chegou a grandes conclusões. Na verdade, faz-se o alerta para o fato de que a eficiência na escovação depende mais da maneira como os dentes são escovados, e da dedicação a essa tarefa, do que, de fato, se esse processo é feito com uma escova elétrica ou tradicional — ambas funcionam bem.

O modelo elétrico, no entanto, pode ser mais eficiente para quem possui algum tipo de limitação motora capaz de prejudicar a sua higienização bucal. A escova elétrica também pode ser usada para incentivar o hábito da escovação entre as crianças. No entanto, neste caso, ela deve usada pelos pequenos apenas uma vez ao dia — visto que é importante que eles aprendam a escovar os  dentes manualmente e da forma correta.

Quanto a outros cuidados com a escova de dentes 

“É preciso limpar a escova de dentes? Ainda, qual o local ideal para guardá-la?

Sim, recomenda-se higienizar a escova de dentes diariamente, a fim de evitar contaminações pela própria escova (ela pode acumular, nas cerdas, diferentes tipos de microrganismos). A limpeza pode ser feita todos os dias (depois de cada escovação) com água e antissépticos bucais. Lembre-se, contudo, que a consulta a um especialista é importante para saber se você está apto à utilização desse tipo de produto. 

Quanto ao melhor local para guardar a escova de dentes: aconselha-se que ela não seja deixada no banheiro, por conta das bactérias presentes no ambiente — como é o caso dos coliformes fecais espalhados quando, por exemplo, a descarga é acionada. O mais indicado é que a escova de dentes seja mantida fora do banheiro, e em um local limpo. Para quem, mesmo assim, prefere deixá-la no banheiro, a melhor opção mantê-la em um lugar fechado, como dentro de um armário higienizado, por exemplo.

Lembre-se, ainda, de tomar cuidado para não encostar as cerdas da sua escova de dentes nas cerdas da escova de outra pessoa. Essa também é uma maneira de transmissão de bactérias. 

“E quanto ao tempo de uso da mesma escova de dentes?” 

O ideal é que a troca da escova de dentes seja feita a cada três meses ou, então, quando se nota que ela está ficando desgastada. Recomenda-se, também, que se troque a escova após um episódio de gripe ou resfriado, por exemplo — pois, nesses casos, os germes podem aderir às cerdas e aumentar o risco de novas infecções.

Se você gostou de saber um pouco mais sobre o tipo de escova de dentes mais recomendado pelos dentistas, e sobre outros cuidados referentes a ela, não deixe de acompanhar o blog da Oral face. Ele mantém você sempre atualizado sobre os principais cuidados com a higiene bucal, bem como sobre os procedimentos e demais assuntos envolvendo dentes, arcada dentária, mandíbula, esqueleto da face e muito mais!