13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993
Implantes

Implantes

Dimensões naturais do paciente.

Chamamos de Dimensão Vertical (DV) a altura da base do nariz até a base da sínfise (queixo). Quando o paciente perde seus dentes, o osso alveolar sofre atrofia contínua diminuindo de tamanho.

O osso alveolar superior (da maxila) sofre com frequência maior perda de tecido em espessura enquanto que o osso alveolar inferior (da mandíbular) sofre maior perda de tecido em altura, mas os dois tipos de perda podem ocorrer nos dois segmentos ósseos.

Esquema das possíveis evoluções das reabsorções dos ossos alveolares dos maxilares.

Quando existe perda dos dentes com consequente perda do osso alveolar, se a Dimensão Vertical não for controlada por meio de próteses podemos ter compressão dos lábios como mostra a paciente acima e entre outros problemas, o mais sério seria a compressão das articulações temporomandibulares que leva a dor importante e disfunção. Observe fotos da paciente acima.

Dimensões e compensações das próteses totais fixas sobre implantes

Os acréssimos de resina ou exposição de metais sendo bem aplicados não aparecem no sorriso do paciente.

Perda dos ossos alveolares mínima podendo receber Próteses Totais Fixas sem acréssimo de resina para compensar a perda óssea.

Perda do segmento ósseo alveolar mandibular maior do que o maxilar, mas ainda não foi necessário compensar nenhuma das próteses com resina.

Perda do segmento ósseo alveolar maxilar maior do que o mandibular necessitando acréssimo com resina nas duas próteses com maior quantidade na superior para compensar a perda óssea.

A perda óssea do paciente era tolerável a não ser no segmento alveolar inferior direito onde o paciente optou por não compensar a prótese com resina e os dentes deste lado ficaram mais longos do que do lado esquerdo.

Perda do segmento ósseo alveolar mandibular mínima não indicando necessidade de acréssimo com resina e perda óssea maxilar muito maior do que o mandibular necessitando acréssimo com resina na prótese superior para compensar a perda óssea.

[e-book] Vergonha de sorrir por excesso de gengiva?

vergonha de sorrir por excesso de gengiva

[e-book] Guia Completo – Pré e pós-operatório da cirurgia Ortognática: tudo o que você precisa saber

Clique na imagem para baixar

[e-book] Conheça o perfil do paciente que precisa de Cirurgia Ortognática

Clique na imagem

Categorias

Assine o BLOG



Próteses totais fixas superior e inferior

Próteses totais fixas superior e inferior

Extração total com implantes para próteses fixas totais

Paciente 79 anos, dentada parcial com indicação de extração total dos poucos dentes que restaram como podemos observar na radiografia panorâmica abaixo.

Radiografia panorâmica inicial.

Foi realizado exodontia dos dentes inferiores na primeira cirurgia para exodontia dos dentes na mandíbula com prótese total fixa imadiata com 12 elementos de prótese que foi fixada aos implante no dia seguinte à cirurgia.

 

Após alguns meses, a paciente foi submetida a nova cirurgia sob anestesia local para exodontia dos dentes superiores para fixação de 6 implantes na maxila com técnica por expansor ósseo. Observe nas fotos acima os aspectos laterais, frontais e oclusais do caso.

Observe o selamento labial da paciente após alguns dias do uso das próteses e o sorriso sem exoposição da porção acrílicas das mesmas.

Controle radiográfico final.

[e-book] Vergonha de sorrir por excesso de gengiva?

vergonha de sorrir por excesso de gengiva

[e-book] Guia Completo – Pré e pós-operatório da cirurgia Ortognática: tudo o que você precisa saber

Clique na imagem para baixar

[e-book] Conheça o perfil do paciente que precisa de Cirurgia Ortognática

Clique na imagem

Categorias

Assine o BLOG



Carga imediata

Carga imediata

Próteses sobre implantes em até 48hs

Paciente 76 anos, dentado parcial inferior com indicação de extração total dos poucos dentes que restaram.

Fotos iniciais da Prótese Total Supeiror e da Prótese Parcial Removível Inferior que eram usadas pelo paciente.

Fotos dos arcos dentais sem as próteses. Faz parte do processo de diagnóstico.

Radiografia panorâmica inicial e parte da Tomografia Computadorizada.

É possível em muitos casos realizarmos as extrações dentárias e fixarmos os implantes nos maxilares em uma só cirurgia. A Prótese Fixa é fixada nos implantes após um tempo que pode variar de 24 a 36hs após a cirurgia. Observe os cilindros metálicos das Próteses Totais por onde passam os parafusos que irão fixá-las aos implantes osseointegrados nos maxilares superior e inferior.

Vistas laterais e frontal das Próteses Fixas com resina rosa caracterizada para compensar a perda óssea e manter a dimensão vertical do paciente.

Observe o selamento labial do paciente após alguns dias do uso das próteses e o controle radiográfico final.

[e-book] Vergonha de sorrir por excesso de gengiva?

vergonha de sorrir por excesso de gengiva

[e-book] Guia Completo – Pré e pós-operatório da cirurgia Ortognática: tudo o que você precisa saber

Clique na imagem para baixar

[e-book] Conheça o perfil do paciente que precisa de Cirurgia Ortognática

Clique na imagem

Categorias

Assine o BLOG