13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993

A cirurgia ortognática é um procedimento indicado para pessoas que apresentam deformidades ósseas faciais que inviabilizam tratamentos ortodônticos convencionais, isto é, para pacientes que se queixam clinicamente de assimetria facial e/ou alteração na oclusão dentária (mordida), que não podem ser resolvidas com o simples uso de aparelhos ortodônticos.

Essas alterações, além de determinarem um componente funcional muito importante, influenciam diretamente na autoestima dos pacientes e, a ansiedade em resolver prontamente o problema, não é uma coisa rara nos consultórios. No entanto, é necessário ter uma idade mínima para realizar a cirurgia ortognática e a idade “corte” é considerada hoje 17 anos.

Preparamos este texto para que você possa se informar em uma fonte confiável e para te ajudar a entender qual o motivo desta restrição.

Por que não é possível realizar a cirurgia ortognática antes dos 17 anos?

A cirurgia envolve cortes ósseos, colocação de placas e outros procedimentos que condicionam um reposicionamento dos ossos, partindo do princípio de que não haverá mais mudanças importantes em seu tamanho, formato ou em outras características físicas do mesmo, o que poderia comprometer o resultado e a efetividade da cirurgia ortognática.

Acontece que, desde que nascemos, nossos ossos passam por uma série de mudanças e, seu crescimento em si, continua até a adolescência. Assim, a cirurgia só pode ser realizada após seu pico de crescimento e maturação óssea, que, aos 17 anos, já está próximo do fim na grande maioria das pessoas.

Como sei que meus ossos já atingiram a maturação adequada?

Sabe-se hoje que o pico de crescimento ocorre após a puberdade, ou após a menarca (primeira menstruação), no caso das meninas. Através desses marcos, então, tem-se um crescimento médio esperado para pessoas que já passaram por eles.

Caso haja alguma dúvida, o cirurgião pode solicitar exames específicos para avaliação e confirmação da idade óssea.

Existe idade máxima para cirurgia ortognática?

Por mais que a cirurgia ortognática seja feita principalmente em adolescentes e em pessoas que estão na idade adulta, não existe idade máxima para sua realização e isso é verdadeiro desde que o paciente apresente uma boa condição geral de saúde. Sua condição deve ser avaliada criteriosamente pelo cirurgião dentista.

Um aspecto importante do procedimento é que ele é realizado sob anestesia geral e é essencial que o estado de saúde do paciente não contraindique este tipo de anestesia.

O contato com um profissional qualificado é indispensável

Primeiramente, participar de uma consulta com um cirurgião especializado é, por si só, um passo obrigatório em direção à cirurgia que mudará sua vida e o modo com que você se enxerga.

Além disso, independente da idade, é necessário que você entre em contato com um bom profissional para que ele possa avaliar seu caso individualmente, bem como a real indicação da cirurgia e a melhor abordagem para a alteração específica que você apresenta.

Na consulta, não tenha receio de tirar suas dúvidas e falar sobre suas inseguranças e expectativas. Abordar esses temas pode ser decisivo em sua convicção de que realizar a cirurgia ortognática trará grandes benefícios para você.

Tentamos esclarecer alguns pontos importantes sobre a idade mínima para realizar a cirurgia ortognática, abordando algumas dúvidas bastante recorrentes no dia a dia em nossos consultórios.

Aguardar pela maturidade óssea antes de realizar a cirurgia é um ponto chave no sucesso da mesma e, a escolha de um bom profissional, realmente preparado, é uma ação determinante nos processos pré, intra e pós operatórios.

Venha conhecer os excelentes profissionais da Oral Face Care e dar o passo que falta em direção à melhora do seu bem estar físico e mental.