13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993

Muitos pacientes chegam ao consultório do cirurgião-dentista sem qualquer entendimento do que querem ou precisam fazer. Mesmo que não pareça necessário – afinal, o cirurgião pode responder suas dúvidas – ter algumas informações prévias pode ajudá-lo nesse primeiro contato.

Afinal, não são todas as pessoas que sabem o que perguntar na primeira consulta com um especialista em cirurgia ortognática, e isso pode levar à falta de confiança, hesitações e erros nos períodos pré e pós-operatórios.

Saber se comunicar com seu cirurgião é essencial para construir uma relação de confiança, honestidade e informação, três pilares para quem quer encontrar um bom profissional para realizar sua cirurgia.

Para ajudá-lo a fazer sua lista de perguntas para a primeira consulta com um especialista em cirurgia ortognática, organizamos abaixo algumas das questões mais comuns que os pacientes têm e por que elas são importantes. Confira:

A cirurgia vai resolver o meu problema?

A cirurgia ortognática pode ser a resposta para vários tipos de problema, desde a mordida cruzada até a assimetria facial. No entanto, apenas um profissional qualificado pode garantir que essa é a melhor opção para você.

Como são o pré e o pós-operatório?

Tanto o pré como o pós-operatório de uma cirurgia são etapas essenciais para garantir a qualidade dos resultados. Tudo o que o médico indicar para esses períodos deve ser seguido para não colocar a saúde do paciente em risco.

Saber previamente como será o pós-operatório é muito importante, também, para organizar o que for possível. Afinal, o paciente pode precisar de ajuda para fazer suas tarefas e de alimentação especial depois da cirurgia.

Quanto tempo deve durar meu tratamento?

O tratamento de algumas condições relativas aos ossos e músculos da face não termina na cirurgia ortognática. Muitas vezes, é preciso utilizar um aparelho ortodôntico por muito tempo para assegurar o encaixe dentário, a simetria e a oclusão do paciente.

Antes de começar o tratamento, é bom saber o quanto ele vai durar para manter suas expectativas realistas.

Como será a alimentação após a cirurgia?

Como a cirurgia ortognática mexe com os ossos e músculos da face, a mastigação será impedida nos primeiros dias após o procedimento. Sua dieta no período pós-cirúrgico deverá ser líquida ou pastosa por até 30 dias.

Converse com o cirurgião sobre restrições alimentares e procurem, juntos, encontrar boas alternativas que sejam saudáveis e se encaixem em sua rotina.

Quais exames devem ser feitos previamente?

Para garantir que o paciente esteja em um bom estado de saúde para fazer a cirurgia, pode ser necessário realizar alguns exames antes da cirurgia. Em sua primeira consulta com um especialista em cirurgia ortognática, pergunte que exames prévios serão necessários.

Qual é o tipo de cirurgia?

A cirurgia ortognática pode envolver a mandíbula, a maxila e o mento (que altera a forma do queixo) podendo ainda combinar esses segmentos. Saiba que tipo de cirurgia você vai realizar para entender melhor o processo e poder ser preparar para os resultados.

Como fica a cicatriz?

Saber se a cirurgia deixará cicatrizes visíveis é uma preocupação comum entre pacientes. Pergunte ao especialista como será realizada a cirurgia para saber mais sobre a cicatriz.

Quais são as possíveis complicações da cirurgia?

Entender os riscos de uma cirurgia é muito importante para não ser pego de surpresa e pensar que algo previsível e comum é uma anormalidade. Na cirurgia ortognática, por exemplo, é normal ficar com um pouco de dormência no pós-operatório, que pode se estender por até um ano.

Converse com o cirurgião para saber sobre esse e outros riscos relativos à cirurgia. Informação é a melhor ferramenta contra problemas e complicações.

Em quanto tempo verei o resultado?

O resultado de uma cirurgia ortognática só costuma ficar completamente visível depois que o tratamento com aparelho ortodôntico termina. Porém, logo que o rosto desincha, é possível perceber algumas mudanças. Pergunte quando você poderá ver os resultados finais.

Construir uma relação de confiança com o profissional que vai atendê-lo é a melhor maneira de passar por uma cirurgia tranquila, sem complicações e com um bom pós-operatório. Isso garante bons resultados e deixa o paciente mais seguro.

Quer saber mais sobre a cirurgia ortognática? Marque uma consulta com os profissionais da Oral Face Care!