13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993

Levantamento do seio maxilar unilateral

Enxerto ósseo no seio maxilar

Pac 38 anos, sofreu perda de três dentes na região superior esquerda e havendo atrofia do osso alveolar.

A técnica prevê após o descolamento gengival, por meio de uma broca diamantada ou com o Piezosonic fazer a corticotomia da tábua óssea que faz o vedamento do seio maxilar sem perfurar a mucosa interna que reveste o seio maxilar.

Após isso, esse pequeno fragmento ósseo é levantado internamente junto com a mucosa de revestimento. Se houver uma crista ósseo residual de pelo menos 5mm de altura, podemos fixar o implante e já preencher o novo espaço criado com enxerto particulado.

Esta Cirurgia é realizada sob Anestesia Local e Sedação.

Observe acima a tábua óssea levantada com a mucosa do seio maxilar criando um novo espaço.

Na mesma cirurgia são removidos pequenos fragmentos ósseos (enxertos) da região lateral aos molares inferiores. Com uma máquina específica um fragmento é triturado.

A parte triturada do enxerto preenche a cavidade do seio maxilar e outros fragmentos são fixados lateralmente ao defeito para aumentar o osso em espessura.

Podemos observar na radiografia acima a neoformação óssea.

Como existe enxerto triturado (particulado), após 6 meses é realizada nova cirurgia para fixar os três implantes no osso neoformado. Observe na foto acima como o osso também aumentou em espessura.

Após 4 meses, os implantes são expostos e testados. São fixados os parafusos chamados “Cicatrizadores”.

Próteses confeccionads e controle radiográfico.

[e-book] Vergonha de sorrir por excesso de gengiva?

vergonha de sorrir por excesso de gengiva

[e-book] Guia Completo – Pré e pós-operatório da cirurgia Ortognática: tudo o que você precisa saber

Clique na imagem para baixar

[e-book] Conheça o perfil do paciente que precisa de Cirurgia Ortognática

Clique na imagem

Categorias

Assine o BLOG