13 3877-7855 / 11 5054-0401 / Whatsapp: 013 99755 3993

Uma pesquisa recente revelou que 40 a 75% da população brasileira sofre com dores na mandíbula atualmente. Isso tem feito com que cada vez mais pessoas corram para os consultórios na busca pelo profissional adequado para tratar ATM.

A preocupação é justificada, já que a ausência de tratamento não só diminui a qualidade de vida dos pacientes como também pode trazer consequências maiores e exigir tratamentos mais drásticos.

Se você se encontra nesta situação, nada de pânico: siga na leitura deste artigo e descubra como tratar as dores e encontrar o profissional adequado para tratar ATM.

Entenda o que é a ATM

ATM significa articulação temporomandibular, um mecanismo localizado na região da mandíbula que é responsável pela ligação entre seu maxilar inferior e a base do seu crânio.

Essa articulação gira em várias direções diferentes, permitindo movimentos como abrir a boca corretamente para mastigar, respirar, falar e uma série de outras atividades.

Justamente por conta dessa pluralidade de funções é que ela é mais suscetível às inflamações, o que pode gerar dores, travamentos na mandíbula e outros incômodos que impactam atividades no dia a dia. Esse quadro é chamado DTM – Disfunção Temporomandibular.

Perfil do profissional adequado para tratar ATM

Quando você tem um problema de saúde específico, deve sempre consultar um especialista. Se o problema está relacionado ao seu coração, você quer ver um cardiologista. Se a questão é com a sua pele, você quer ver um dermatologista. Mas e quando o problema é com a sua ATM?

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) reconheceu em 2002 a Disfunção Temporomandibular (DTM) e a Dor Orofacial como uma especialidade à parte. Por isso, a principal indicação de um profissional adequado para tratar ATM é o cirurgião-dentista.

Especialmente porque o diagnóstico é muitas vezes bastante complexo e seus sintomas podem se conectar a outros problemas.

Nestes casos, o profissional faz uma bateria de exames físicos para mensurar os níveis da dor sofrida pelo paciente, além de um exame mais detalhado dos músculos da região – especialmente daqueles responsáveis pela mastigação.

É bastante comum que o profissional também solicite exames de imagem – ressonância magnética da mandíbula, raio-x e tomografia computadorizada – para complementar o processo de diagnóstico.

Como escolher o profissional adequado para tratar ATM

Agora que você já sabe qual é o tipo de especialista certo parar tratar qualquer distúrbio em sua ATM, é hora de encontrar o profissional certo. Para isso, vale apostar em:

  • Indicações de outros profissionais da saúde: converse com os demais médicos que já cuidam da sua saúde sobre possíveis indicações de profissional adequado para tratar ATM. Eles já conhecem seu histórico médico e sua personalidade, podendo fornecer dicas valiosas;
  • Indicações de familiares e rede de amigos: alerte amigos e familiares sobre a sua busca e verifique se alguém já teve uma experiência parecida e se tem referências de bons profissionais. Fale com estas pessoas conhecidas, com as quais você pode conversar e pegar referências prévias;
  • Consulta ao site da CRO: o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo tem uma ferramenta que permite consultar se o profissional é de fato um especialista credenciado;
  • Pesquisa sobre a formação e experiência: verifique se o profissional é realmente um especialista, qual é a sua formação e suas certificações. Veja também há quanto tempo ele realiza esse tipo de tratamento.

Mas lembre-se que tudo isso é tão importante quanto uma consulta presencial. Através dela será possível ver se há empatia por parte do profissional, se você se sente à vontade e confiante com as soluções sugeridas por ele, além de tirar todas as suas dúvidas. Durante a consulta você deve ter atenção se o profissional:

  • Escuta suas perguntas e responde em termos que você entende;
  • Dispensa um tratamento respeitoso a você;
  • Pergunta sobre suas preferências de tratamento;
  • Tem paciência com suas dúvidas e dedica tempo suficiente para atendê-lo.

Você também pode perguntar sobre a tecnologia que este especialista em ATM utiliza, o tempo de espera usual para agendar uma consulta de retorno, os procedimentos de cobrança e a disponibilidade para tirar dúvidas através do telefone ou e-mail do médico.

Esperamos que este artigo tenha ajudado a esclarecer suas principais questões sobre a busca pelo profissional certo para tratar de sua ATM e lhe proporcione mais segurança em tomadas de decisões no futuro.

Caso você tenha mais dúvidas sobre como encontrar o profissional adequado para tratar ATM, conheça a Oral Face Care e seu time de especialistas.