13 3877-7855 / 11 5054-0401

A cirurgia ortognática é uma cirurgia odontológica realizada por um profissional especializado em Bucomaxilofacial, que tem como objetivo melhorar o padrão facial, evitando problemas futuros, em pacientes que apresentem alterações de crescimento ósseo dos maxilares.

 

A cirurgia é realizada para corrigir problemas funcionais, como por exemplo, a mordida, respiração e deglutição do paciente. Mas a questão estética também é levada em conta, pois muitas vezes o paciente apresenta assimetria facial, queixo muito para frente ou para trás, e, dependendo do caso, isso pode acabar afetando até a sua vida social.

 

Por melhorar também a estética, o planejamento 3D da cirurgia ortognática permite que o paciente tenha uma noção de como ficará sua face após a cirurgia, além de proporcionar um resultado mais preciso e, consequentemente, um tempo cirúrgico menor e um pós-operatório mais confortável.

 

Avanço da tecnologia

 

Anteriormente o planejamento cirúrgico da ortognática era realizado manualmente, e o cirurgião utilizava radiografias e moldes das arcadas dentárias em gesso. Isso levava muito mais tempo e acabava não sendo tão preciso, se comparado à tecnologia atual.

 

As imagens tridimensionais na área da saúde surgiram para suprir a necessidade de facilitar todos os processos. A tecnologia atual permite uma análise criteriosa e detalhada da face, auxiliando na análise e diagnóstico, além de mostrar resultados previsíveis e garantir maior precisão.

Como o planejamento tridimensional é realizado

 

O planejamento 3D é feito por meio de uma tomografia computadorizada, e necessita que o paciente faça exames previamente. O resultado final possibilita uma visão geral da face, de frente, de perfil e submento-vértice, ou seja, visto de cima do crânio para o mento.

 

O resultado do planejamento será discutindo entre o cirurgião bucomaxilo e o paciente, que poderá opinar no resultado estético. Já as questões funcionais ficam a critério do profissional.

 

É importante lembrar que o cirurgião tem experiência na área, e que a opinião dele deve ser levada em consideração, inclusive na parte estética.

 

Além disso, o planejamento tridimensional pode ser utilizado em casos de traumas ou sequelas de traumas no rosto, tendo uma visualização geral dos ossos fraturados e estudando previamente o que pode ser feito na cirurgia para obter o melhor resultado.

Cuidados no pós-operatório

 

Por mais que o avanço da tecnologia e o planejamento 3D permita que a cirurgia ortognática seja realizada de maneira mais rápida e reflita em um pós-operatório mais confortável, os cuidados deverão ser levados em conta.

 

A dieta deve ser realizada apenas com alimentos líquidos e pastosos por pelo menos 15 dias. Após esse período, o bucomaxilo pode liberar alimentos que sejam moles e fáceis de ingerir, que não necessitem ser mastigados por mais 15 dias, sem prejudicar a cicatrização e a reparação do esqueleto.

 

É importante ressaltar que a alimentação é algo importante para o processo de recuperação do paciente, que garante o bem-estar e permite uma cicatrização mais rápida.

 

Também é necessário evitar atividades físicas por, no mínimo, 30 dias. A liberação para uma rotina normal dependerá do progresso de recuperação e deverá ser liberado pelo profissional responsável.

O resultado ficará idêntico ao planejamento?

 

O resultado final poderá sofrer poucas mudanças em comparação ao planejamento tridimensional, mas ficará o mais próximo possível.

 

Por conta de uma grande manipulação no local, o resultado poderá ser notado em 30 dias. O inchaço no local, mesmo que pouco perceptível, pode durar ainda algumas semanas.

 

Os cuidados indicados pelo cirurgião na primeira semana do pós são os mais importantes para conter o inchaço e hematomas na região. Mas apesar da grande manipulação, o paciente não sente dores, apenas desconforto por conta do edema.

 

O planejamento é essencial para que o paciente se sinta confortável com as mudanças, e a cirurgia ortognática trará benefícios além dos funcionais e estéticos, devolvendo a confiança para o paciente e melhorando até sua vida social.

 

Você tem assimetria facial e quer saber se a cirurgia ortognática pode corrigir esse problema? Baixe agora o e-book “Cirurgia Ortognática: identifique se você precisa desse procedimento“!